Ao contrário do que se imagina, a missão do Prêmio Comunique-se não é e nem nunca foi premiar os melhores da imprensa. Na verdade, contemplar os principais comunicadores do país é um meio para chegar em um objetivo maior: inspirar futuras gerações de jornalistas.
 
Nunca foi tão desafiador ser jornalista. Demissões em massa, fechamentos de veículos, risco de agressões, risco de vida, risco de processos judiciais, trabalha-se muito e ganha-se pouco. Por que um jovem, neste cenário, opta por seguir carreira na área? Por que um jovem, tendo tantas outras opções no mercado, escolheria justamente uma que é tão mais difícil?
 
A única resposta que encontramos para a pergunta se resume em uma palavra: paixão!
 

Modelo detroféu entregue aos finalistas do Prêmio Comunique-se 2016
 
Aquele tipo de paixão que vem de uma vocação mais forte do que tudo e que, apesar de todas as dificuldades, ainda assim, nos compele em uma direção.
 
É nisso que reside a missão do Prêmio Comunique-se. Queremos inspirar futuras gerações de jornalistas. Para fazer isso, usamos o que há de mais forte para se influenciar um “foca”: a força do exemplo. O exemplo de profissionais renomados que, pela paixão, colocam o trabalho à frente de tudo e de todos.
 
Completamos esta missão do Prêmio Comunique-se por meio de três passos simples:
 
1. Estimular o bom jornalismo
Entregar troféus a grupos de profissionais renomados vai além do caráter de premiação. Ao reconhecermos o trabalho de comunicadores, por meio de votação realizada de forma massiva pela própria classe (em 2016 foram mais de 400 mil votos computados), o que desejamos é estimular a prática do bom jornalismo, com os colegas cada vez mais pensando e planejando realizar trabalhos de excelência no meio.
 
2. Inspirar futuras gerações de jornalistas
Em evento de “nível Oscar”, grandioso, com temática, apresentadores, roteiro e recursos audiovisuais, conseguimos elevar os vencedores do Prêmio Comunique-se ao status de grande exemplos da comunicação. Prova disso? Maior ganhador da história da premiação, Ricardo Boechat é considerado o "jornalista mais admirado do Brasil".
 
3. Mostrar para o máximo de pessoas a importância do jornalismo
Para de fato ser considerado o "Oscar do Jornalismo", o Prêmio Comunique-se precisa ganhar naturalmente espaço na imprensa tradicional, nas novas mídias e também nas redes sociais. É o vem acontecendo com o nosso evento desde a sua primeira edição - em 2016, a noite de gala teve espaço nobre em todas as grandes emissoras de TV, rádios, sites, revistas, jornais e redes sociais.
 
Confira como foi a repercussão do Prêmio Comunique-se 2016:
 
 
 
Além da repercussão em veículos de comunicação, a edição 2016 do Prêmio Comunique-se alcançou resultados impressionantes. Confira alguns números de impacto:
 
78 MILHÕES     de pessoas impactadas por mídia espontânea
50 MILHÕES     de impressões em mídias sociais
+420 MIL     votos
+30 MIL     telespectadores por internet
12     veículos apoiadores oficiais
600     dos mais importantes formadores de opinião no evento
 
Faça parte desta causa que tem como missão inspirar as futuras gerações de jornalistas. Veja como:
 
Seja um apoiador oficial:
Se você representa um veículo de comunicação, poderá se tornar um apoiador oficial. Ao se tornar apoiador, você receberá um selo especial desta causa e poderá aplicar em seu veículo. Não há contrapartidas. Acreditamos, apenas, que apoiadores buscarão dar a melhor visibilidade à causa que lhe for possível. Basta enviar e-mail para premio@comunique-se.com.br - com o título “quero apoiar”.
 
Patrocine:
O modelo inspiracional do Prêmio Comunique-se depende de recursos para acontecer. Realizar um evento dessas proporções só é possível graças aos patrocínios. Como o evento não tem fins lucrativos, o custo é acessível e o retorno sobre o investimento é excelente. Envie e-mail para premio@comunique-se.com.br - com assunto “quero patrocinar”.
 
Vote:
Para o modelo funcionar, precisamos garantir que consigamos identificar os mais admirados. E isso só é possível se tivermos grande volume de votos.
 
Compartilhe:
Ajude a compartilhar o modelo. Siga a página do Portal Comunique-se no Facebook, Twitter e YouTube (links abaixo). E sempre que visualizar uma comunicação do Prêmio, compartilhe, curta e comente!
 
facebook.com/portalcomuniquese
 
twitter.com/comuniquese
 
youtube.com/comuniquese