A noite de gala do Prêmio Comunique-se 2016 reservou espaço para prestigiar dois profissionais que há décadas se destacam na imprensa, conquistando admiradores dentro do próprio meio da comunicação. Para mostrar a importância de se valorizar bons exemplos, a premiação reverenciou o locutor esportivo Silvio Luiz e o âncora Cid Moreira. O mundo do jornalismo – ao menos quem estava na festa – parou para homenagear a dupla octogenária.
 
 
Mais uma vez finalista na categoria “Esporte – Locutor Esportivo”, Silvio foi superado por Luis Roberto, da Rede Globo. Sem perder a esportiva, seguindo a característica que mantém nas transmissões que comanda na Rede TV, o criador das “barbas do profeta” e de tantos outros bordões saiu da festa como um grande campeão. Após saber que novamente seu troféu de vencedor do Prêmio Comunique-se bateu na trave, ele foi chamado ao palco do Tom Brasil por Fábio Porchat e Mariana Godoy para ser homenageado .
 
Sob aplausos, tal qual o craque ovacionado pela torcida ao fazer um gol de placa, Silvio Luiz fez jus a uma de suas famosas frases futebolísticas e provou aos colegas que marcaram presença na festa que é o verdadeiro “craque da camisa de número 10”. Ao receber a placa de “Grande Homenageado” do evento, ele agradeceu e, como de costume, demonstrou irreverência.
 
Minutos depois da homenagem prestada ao narrador que sempre está de “olho no lance”, o público do Prêmio Comunique-se 2016 voltou a aplaudir um grande comunicador. Com mais de 70 anos de dedicação à imprensa, Cid Moreira subiu ao palco na hora em que os vencedores da categoria “apresentadores” foram anunciados. O momento não foi por acaso, já que até hoje Cid ostenta o título de âncora brasileiro que permaneceu por mais tempo à frente de um telejornal, graças aos 27 anos em que deu “boa noite” aos telespectadores do ‘Jornal Nacional’.
 
Apresentador responsável por um recorde e profissional que segue em plena atividade aos 88 anos, gravando locuções especiais e sendo há 10 anos a voz do Prêmio Comunique-se, Cid soube que passa a integrar a galeria de “Mestres do Jornalismo” da premiação. Diferentemente dos colegas que alcançam o espaço vi em determinada categoria, Cid foi elevado ao posto de maestria por causa de seu “conjunto da obra”. Cid Moreira, mestre. Algo que todo mundo já sabe – e que a placa entregue a ele registra.
 
Emocionado e prestes a entrar na contagem regressiva para seus 90 anos - pois seu aniversário de 89 será comemorado nesta quinta-feira, 29 -, Cid prendeu a atenção de todos ao falar sobre a sua carreira.
 
Os rockstars do jornalismo
A 14ª edição do Prêmio Comunique-se foi realizada no espaço Tom Brasil, localizado na zona sul de São Paulo. Neste ano, os organizadores do evento se inspiraram na temática do universo rock’n roll, com a missão de revelar as grandes estrelas do jornalismo, que se destacaram no trabalho “punk” feito pela imprensa nacional.
 
O Oscar do Jornalismo brasileiro conta com empresas que se engajam para homenagear os profissionais da comunicação e inspirar futuras gerações de jornalistas, que é o principal objetivo do Prêmio Comunique-se. Nesta edição, o Grupo Comunique-se promove o evento com o patrocínio de Bayer, ESPM, EY, Grupo Boticário, Itaú, Paypal, Samsung e Shell, além do apoio de Band, SBT, RedeTV, ESPN, BandNews, Kiss FM, 89 FM, Rádio BandNews, Rádio Bandeirantes, Lance, Catraca Livre, Correio Braziliense, Diageo e Hotéis Transamérica.